Buscar
  • Paulo de Oxalá

Lembrando a força de Pai Renato de Obaluaiyê


A passagem, do amigo, guerreiro e baluarte Renato de Obaluaiyê, que construiu uma bela história, nos faz refletir:


A vida nos mostra que vale a pena lutar, pois assim como ele, muitos lutam por aqueles que estão dentro da religião, tentado mostrar a força e a grandeza das nossas tradições, para os que estão do lado de fora.


Neste último dia 13 de junho, completei o meu: ọdún àsìkò Òrìṣà! (tempo de Orixá- 13, de junho de 1976). São quarenta e cinco anos de dedicação ao sagrado.

Agradeço a Oxalá, a Mãe Thereza, Fomo de Oxalá, por me colocar na condição de Vodunsí. Gratidão a todos que me acompanharam, e acompanham até aqui, me ajudando e dando essa força necessária, que falta por um momento, quando perdemos pessoas como você Renato de Obaluaiyê.

Mas, é preciso seguir, e me espelhando em você Renato, continuarei minha luta pela nossa religião. Lembrando das nossas conversas ao telefone você me disse:

“Nós precisamos de muitos Paulos de Oxalá, para fazer o que você faz”.

Agradeço muito Renato, as palavras de força e incentivo!


Tenha certeza, você entrou para a história do Candomblé, pois sua trajetória será sempre lembrada e eternizada!


Obrigado por ter existido, e deixar seguidores e família que honrarão o seu belo legado.


Você foi e será sempre amado!


Viva Pai Renato de Obaluaiyê!


"Okùnrin oun wiwo kelulé wo ìwà!" (O homem é eternizado por suas qualidades!)

Axé!

32 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
WhatsApp-icon.png