Buscar
  • Paulo de Oxalá

José Carlos de Oxóssi, reúne veteranos e novos talentos em Festival


Nascido no bairro da Taquara, região de Jacarepaguá, Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro, José Carlos foi criado pela sua avó carnal Alice, que era uma médium do Centro Umbandista Santa Clara do Além.


Esse Terreiro ficava no bairro de Quintino e era dirigido pela Babá Maria de Lurdes, que tinha como Guias chefes, o Caboclo Ventania e o Exu Tiriri.

Por conta de um problema de saúde aos 8 anos de idade, José Carlos foi levado pela sua avó para o Terreiro da Babá Maria de Lurdes que, por meio da intercessão dos seus Guias, conseguiu debelar o sofrimento do menino. Por ser de Oxóssi, passou a ser chamado de José Carlos de Oxóssi. A partir daí, José Carlos se encantou com a força dos Guias e dos Orixás e por gratidão nunca mais deixou de cultuá-los e louvá-los. Ele aprendeu a tocar os tambores sagrados e a cantar para as divindades do Candomblé e as entidades de Umbanda.


Seguindo sua trajetória, José Carlos de Oxóssi esteve aos cuidados dos saudosos Ọdẹ Jétemi e Ìyá Kalendoyá.


Atualmente, ele está sob os cuidados da Mam'etu Jurema de Kaiá.

Desde 1994, José Carlos de Oxóssi participa de festivais de cantigas de Terreiro e administra a Escola de Curimba no Cocotá, na Ilha do Governador.


José Carlos de Oxóssi, junto com sua Escola de Curimba e um grupo de veteranos, estão produzindo um Festival de Cantigas, para o dia 03 de abril.

“Estou muito feliz, pois além da participação de compositores veteranos como Tião Casimiro e Afonso de Xangô, nós vamos divulgar novos compositores que certamente continuarão com o legado, no sentido de inovar as cantigas de Terreiro”.

O Festival terá cantigas de Exu a Oxalá, com uma premiação especial para as cantigas de Oxum.


A apresentação será de Mãe Manu de Oxum e Marta Melo, com coordenação do Babalorixá Nando de Oxaguian, do Ilé de Jàgún.


Haverá ainda uma homenagem ao saudoso Pai Jorge de Ogum com seus Ogans Odara, que será conduzida pela Mãe Vanessa de Yansã. Pai Jorge de Ogum participou de dezenas de festivais e foi campeão inúmeras vezes. Ele faleceu em agosto de 2021.

Ní ayọ̀ iyẹn tí kọ́ ìtàn!

(Feliz é aquele que constrói sua própria história!)

Axé!


Serviço:

Festival do Curso de Curimba de José Carlos de Oxóssi. Dia 3 de abril, às 13h, no Bonsucesso Futebol Clube. Rua Teixeira de Castro 54, Bonsucesso/RJ.

Entrada: 1 kg de alimento não perecível para distribuição entre moradores de rua.

Colaboração: Tenda Espírita Caboclo Flecheiro, Liciarj, Agen-Afro e Estamparia Incorpore.





38 visualizações0 comentário
WhatsApp-icon.png