Buscar
  • Paulo de Oxalá

Famosas esculturas dos Orixás em Salvador, estão abandonadas


Localizado na histórica Salvador, o Dique do Tororó, é um manancial natural tombado pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) em 1981. Em 1998, o lugar passou por uma restruturação urbanística feita pelo CONDER (Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia), que instalou no dique esculturas de doze Orixás. Oito desses Orixás estão no espelho d’água (Oxalá, Oxum, Xangô, Yemanjá, Yansã, Ogum, Logum-Edé e Nanã), e quatro na terra (Exu, Oxumarê, Euá e Ossaim).


Segundo Tatti Moreno, o artista plástico responsável pela criação e montagem das esculturas, foram mais que dois anos de muito trabalho.

“Começamos o projeto no final de 1995, e inauguramos e 02, de abril de 1998, com a presença de várias lideranças políticas e religiosas, dentre elas a saudosa Mãe Cleusa de Nanã, do Terreiro do Gantois, que jogou os búzios, para nos orientar a respeito da posição de cada Orixá no Dique”.


Mas nem toda essa pompa na inauguração estimulou o poder público para a manutenção das esculturas que se tornaram um dos cartões postais mais visitados de Salvador.

Pois Tatti Moreno relata que, nesses 23 anos de existência só o restauro do braço de Oxumarê que cai em 2019, foi feito. Ele revela, que outras esculturas de Orixás estão com problemas, como o braço de Yemanjá que está deteriorado. Tatti também declara que, diante desse abandono, um movimento de líderes religiosos de matriz africana, enviou uma carta ao Ministério Público da Bahia (MP-BA), Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Governo do Estado da Bahia (Sedur-BA), Secretaria de Promoção da Igualdade Racial do Governo do Estado da Bahia (Sepromi-BA) e Secretaria de Cultura do Governo do Estado da Bahia (Secult-BA), no intuito de motivar o reparo imediato das esculturas.







É uma pena ver uma obra cara e importante no contexto cultural e religioso do Brasil, se acabando desse jeito. Lamenta Tatti Moreno!”

Além dos Orixás do Dique do Tororó, Tatti Moreno é escultor de obras importantes na Bahia e no exterior.


Fotos: Tatti Moreno.


Axé!

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
WhatsApp-icon.png