Buscar
  • Paulo de Oxalá

Candomblé do Rio chora por Mãe Palmira de Yánsàn

Atualizado: Nov 9


Faleceu neste domingo, 08 de novembro a Ìyálórìṣà Palmira de Yánsàn.

Em um depoimento para o nosso blog no Extra Online, em 10 de março de 2014, Mãe Palmira nos contou um pouco de sua trajetória:

- “Me chamo Palmira Navarro, sou mineira de Juiz de Fora, e cresci em família com tradição católica. Aos 21 anos, tive minha primeira manifestação espiritual. Porém, foi na casa do Bàbálórìsà Caribé (Ọdẹ Taió) que fui iniciada para Yánsàn, em 03 de dezembro de 1966.

Os anos se passaram, a vida tomou novos rumos e então, sob a orientação do Prof. Agenor Miranda, fui na casa do Bàbálórìsà Reinaldo de Carvalho, conhecido como Pai Reinaldo de Ṣàngó do Àṣẹ Òpó Àfọ̀njá. Lá tomei minhas obrigações e fundei em Mesquita o “Ilé Ọmọ Ọya Léjí” (Casa dos filhos de Ọya e Ọmọlu)”.

Mãe Palmira deixa uma grande lacuna, pois era bem atuante na luta pelas tradições do Candomblé e intolerância religiosa.

O corpo da Ìyálórìṣà Palmira está sendo velado no Ilé Ọmọ Ọya Léjí. O sepultamento será às 12:30hs, desta segunda-feira, 09 de novembro no Cemitério Jardim da Saudade de Edson Passos em Mesquita. O Àṣẹ̀ṣẹ́ (rituais fúnebres do Candomblé) acontecerão a partir desta quarta-feira, 11 de novembro, com início às 17 hs, no Ilé Ọmọ Ọya Léjí na Rua Marte 1001. Mesquita/RJ.

Olódùmarè ki fun ọ ni fuyì isinmi! (Que Deus lhe dê o merecido descanso!)

24 visualizações

Todos os Direitos Reservados a Paulo de Oxalá

R. das Laranjeiras, Rio de Janeiro - RJ

+55 (21) 2556-9009

+55 (21) 99400-7107

paulodeoxala@uol.com.br

Tags: Babalorixá, Simpatia, Búzios, Tarot e numerologia

  • Instagram ícone social
  • YouTube Social  Icon
  • Facebook Basic Square
WhatsApp-icon.png