Buscar
  • Paulo de Oxalá

Candomblé chora por Mãe Margarida de Ọ̀ṣun


Faleceu nesta quinta-feira, no Rio de Janeiro, em decorrência de um Acidente Vascular Cerebral (AVC), a Ìyálórìṣà Margarida de Ọ̀ṣun.


Iniciada ainda criança por Mãe Menininha do Gantois, Mãe Margarida pertencia a um conjunto de importantes Yalorixás do Axé Gantois, que abriram Terreiros no Rio como: Ìyá Florispes do Ọ̀ṣọ́ọ̀sí, Mãe Marina de Ọ̀sányìn e Ègbọ́nmi Edelzuita de Òṣàgiyán.

Mãe Margarida, iria completar no próximo, dia 15 de abril, 96 anos e tinha casa aberta há 51 anos.


O velório acontece hoje, sexta-feira, a partir das 11 horas na capela c, casa c, no Cemitério de Ricardo de Albuquerque. O sepultamento está previsto para às 14 horas.


Olódùmarè ki fun ọ ni fuyì ìsinmi! (Que Deus lhe dê o merecido descanso!).




12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
WhatsApp-icon.png