Buscar
  • Paulo de Oxalá

Câmara do Rio celebra os 113 anos da Umbanda


Há 113 anos, mais precisamente no dia 15 de novembro de 1908, o Caboclo das Sete Encruzilhadas incorporou o médium Zélio Fernandino de Moraes e disse:

“A Umbanda é a manifestação do espirito para a caridade!”

Naquele momento, nasceu a religião de Umbanda, onde os espíritos se apresentam como Caboclos, Pretos Velhos, Crianças, Exus e Pombagiras.


O reconhecimento como uma religião genuinamente brasileira tem feito a Umbanda ser reverenciada além dos Terreiros, em vários países do mundo e em importantes espaços, como: teatros, ginásios e órgãos públicos, como será nesta quinta-feira, 11 de novembro na Câmara Municipal do Rio.


Para celebrar o aniversário de 113 anos de fundação da Umbanda, o vereador Átila Alexandre Nunes (DEM), que integra uma família com tradição umbandista, irá homenagear 17 dirigentes de Terreiros de Umbanda do Rio de Janeiro.


O evento acontecerá às 18 horas no Plenário da Câmara Municipal e terá uma homenagem especial a Dona Joana, de 91 anos, médium do tradicional templo Tenda Espírita Mirim.

Para o vereador Átila, é fundamental exaltarmos a força feminina, principalmente, das líderes umbandistas.

“Os terreiros têm, na sua grande maioria, mulheres como dirigentes, por isso a promoção do empoderamento feminino precisa ser estimulado sempre, e essas moções são uma forma de homenagear essas guerreiras pelo trabalho de propagar as tradições afro-brasileiras”.

Além dos dirigentes e sacerdotes que serão agraciados com a entrega de moções de reconhecimento pelo trabalho em prol da Umbanda, acontecerão apresentações de cânticos com o Ogan Tião Casemiro e exibição de dança cigana.


Segundo Andrea Ferreira, assessora do cerimonial, será também narrada um pouco da história do programa Melodias de Terreiro que estreou em 1948, na antiga Rádio Guanabara, com o saudoso líder umbandista Átila Nunes. Na época, ele tinha começado a apresentar o programa ao lado da sua inseparável companheira, Bambina Bucci. Após o falecimento do veterano Átila, Bambina apresentou durante muitos anos o programa e ficou conhecida pelas célebres frases: “Umbanda unida é Umbanda forte! A luz é eterna para quem tem fé!”


Parabéns, Umbanda e umbandistas! Saravá e Salve os 113 anos da religião de Umbanda que irradia a paz, o amor, o respeito e a fraternidade!

Saravá!


Serviço:

Celebração aos 113 anos da Umbanda, hoje, 11 de novembro, às 18h, no Plenário da Câmara Municipal do Rio. Palácio Pedro Ernesto, Praça Floriano s/n, Cinelândia/RJ.


Lista dos indicados às moções:

1º) Dirigente: Rodrigo dos Santos da Silva (Pai Rodrigo).

Centro: Aiyé Asé Ty Preto.

Fundação: 1970.

Guia chefe: Caboclo Preto Angolano.

Definição doutrinária: Umbanda.

2º) Dirigente: Márcia Cristina dos Santos (Mãe Márcia de Oxum).

Centro: Casa de caridade Cabocla Jurema.

Fundação: 28/12/2019.

Guia chefe: Cabocla Jurema.

Definição doutrinária: Umbanda.

3º) Dirigente: Jefferson Douglas Nascimento das Chagas (Pai Jefferson de Oxum).

Centro: Tenda Espírita Luz da Umbanda.

Fundação: 20/01/2013.

Guia chefe: Boiadeiro Seu Campina Verde.

Definição doutrinária: Umbanda.

4º) Dirigente: Alexander Pereira Vitoriano (Pai Alex D’Ogum).

Centro: Tenda Espírita Pai Tobias das Almas. T.E.P.T.A.

Fundação: 17/12/2020.

Guia chefe: Pai Tobias das Almas.

Definição doutrinária: Umbanda.

5º) Dirigente: Diego Fernandes Breves (CCT Diego Breves).

Centro: Tenda Espírita Caboclo Pena Vermelha.

Fundação: 21/10/2017.

Guia chefe: Caboclo Pena Vermelha.

Definição doutrinária: Umbanda.

6º) Dirigente: Jorge Thomas Junior (Pai Jorge D’Ogum)

Centro: Tenda Espírita Estrela Guia.

Fundação: 16/11/2018.

Guia chefe: Caboclo Flecheiro.

Definição doutrinária: Umbanda.

7º) Dirigente: Rose Grego Silva de Souza (Yalorixá Rose)

Centro: Tenda Espírita Iansã e Ogum Beira Mar do Oriente.

Fundação: 23/04/2000.

Guia chefe: Caboclo Ventania.

Definição doutrinária: Umbanda/Omoloko.

8º) Dirigente: Thalles Cassiano Serra Lima (Pai Thalles D’Oxaguian).

Centro: T.E.S.M.A.C.A. – Tenda Espírita São Miguel Arcanjo e Caboclo Aymoré.

Fundação: 23/04/2013.

Guia chefe: Caboclo Aymoré / Oxoguian.

Definição doutrinária: Umbanda.

9º) Dirigente: Fábio Fernandes de Barros (CCT Fábio Barros).

Centro: Tenda Espírita Estrela do Oriente.

Fundação: 07/04/2019.

Guia chefe: Caboclo Estrela do Oriente.

Definição doutrinária: Umbanda.

10º) Dirigente: Leandro Octavio Soares Busch de Carvalho. (Pai Leandro D’Xangô.)

Centro: Grupo Espírita Maria da Gloria – GRMG.

Fundação: 13/10/1991.

Guia chefe: Xangô.

Definição doutrinária: Umbanda.

11°) Dirigente: Joana Dar’c de Oliveira Alves

Tenda Espírita Vovó Rita do Rosário e Cabocla Jandira das Matas (Mãe Joana Dar’c de Nanã)

Data da fundação: 13/04/1997

Guia chefe: Vovó Rita do Rosário e Cabocla Jandira das Matas

Doutrina: Umbanda

12°) Dirigente: Márcia Cristina da Silva Gomes

Tenda Espírita Caboclo Tupi e Malandra Maria Navalha/ Ilê Ase Oya Enjo Ti Irin (Márcia D’Oya)

Data da fundação: 18/10/2009

Guia chefe: Oya

Doutrina: Candomblé e Umbanda

Nação: Ketu

13°) Dirigente: Percilia dos Santos Trindade (in memorian)

Centro Espírita Santo Agostinho

Rua Guaraci 6, Realengo.

Data de fundação: 26/5/1943

Doutrina: Umbanda

Guia chefe: Rei Cigano e Mestre Carlos da Jurema

Será representada por: Carlos Alberto Trindade Junior

14º) Dirigente: Teresa Cristina Simões Bezerra de Carvalho

Centro Espírita Santa Terezinha do Menino Jesus

Guia chefe: Caboclo Tira Teima.

Fundação 03/10/1947

Doutrina: Umbanda


15°) Dirigentes: David Jorge Berlim Amorim e Terezinha do Menino Jesus Henriques

Templo de Umbanda São Judas Tadeu

Fundação: 28/10/1962

Guia chefe: Caboclo Ventania

Doutrina: Umbanda

16°) Dirigente: Beatriz Dias do Nascimento e Caynara Coelho e Silva

Templo: Casa de Caridade Caboclas Jurema e Jupira

Orixá: Oxóssi.

Data de inauguração: 22 de agosto de 2007

Doutrina: Umbanda

17°) Flávia dos Santos Albuquerque do projeto: Umbanda motivacional “Eu escolhi não ter limites”. Palestrante do projeto Axé mulher.




27 visualizações0 comentário
WhatsApp-icon.png