Buscar
  • Paulo de Oxalá

Anitta é assumidamente de Lógun Ẹ̀dẹ


Nesta semana, a Ẹkẹdi Larissa de Lógun Ẹ̀dẹ (Anitta), postou em suas redes sociais, fotos em demonstração de fé e carinho pelos Orixás.


Nas fotos, são visíveis a felicidade e a gratidão a Lógun Ẹ̀dẹ, ao Bàbálórìṣà Sergio Pina de Ọ̀ṣọ́ọ̀sí, a sua família carnal e ao Ilé Àṣẹ Ọdẹ Omi Tútù.


Só que após a publicação, Anitta sofreu ataques nas redes sociais.

Guerreira como é, claro que se defendeu. Mas que triste! Porque ela não pode publicamente falar de sua fé.


Muitos cantores do estilo sertanejo, rock, funk, rap e de outros segmentos, assumem publicamente as suas religiões e não são atacados e criticados por suas convicções religiosas. Porque que quando alguém assumi que é do Candomblé, Umbanda, ou de qualquer outro segmento das religiões de matriz africana, provoca polêmicas desnecessárias.


Isso tudo é preconceito, é intolerância, é crime.


A Constituição brasileira no artigo 5º, inciso VI, diz: "É inviolável a liberdade de consciência e de crença". Já o Código Penal Brasileiro, diz que é crime (punível com multa e até detenção) zombar publicamente de alguém por motivo de crença religiosa, impedir ou perturbar cerimônia e ofender publicamente imagens e outros objetos de culto religioso.


Portanto, se Anitta quisesse, processaria e ganharia na justiça dos homens, o reparo a esse preconceito, constrangimento e intolerância. Mas, ela é do caçador Lógun Ẹ̀dẹ, que é esplendoroso em seu eterno brilho, e muito justo. Ela continuará sendo essa mulher poderosa e abençoada que assume maravilhosamente a fé nos Orixás.


Ẹbí dàpọ̀ kan ní agbára fún pakọ èyíkèyìí ìjagun!

(Uma família unida tem a força para vencer qualquer batalha!)


Axé!


39 visualizações0 comentário
WhatsApp-icon.png