Buscar
  • Paulo de Oxalá

A arte a as ações socioculturais de Nancy Lino


Nascida em Itaguaí, região metropolitana do Rio de Janeiro, Nancy Lino, 56 anos, é filha da lavadeira Adir com o sr. Wanderley, um conceituado servidor público. Ela ainda teve uma ama de leite, chamada carinhosamente de Mãe Torita, com a qual tem amizade até nos dias atuais.


Aos 13 anos, iniciou seus trabalhos como artesã no antigo Colégio Internato da Igreja de São Francisco Xavier. Na mesma época, Nancy sofreu a influência dos tambores afro do famoso Bloco da Burrinha, que teve seu Tio Corinho como um de seus fundadores.


Com grande vontade de crescer, Nancy estudou e se formou como professora e advogada e passou a atuar nas atividades das artes cênicas.


Ela é colunista semanal do Programa Sexta Negra, do produtor cultural Ademir do Espírito Santo, da Rádio Pop Rio.


Sua ancestralidade negra é fortíssima, por isso Nancy está sempre colaborando e participando de projetos socioculturais que favoreçam o povo negro, como por exemplo, do Educafro do Frei Davi, e do Museu do Negro e da Escrava Anastácia na Igreja do Nossa Senhora do Rosário e de São Benedito no Centro do Rio. Nesse espaço dessa Igreja, todas as terças-feiras Nancy recebe as pessoas para cursos e oficinas de teatro e TV, com palestras e também para orientações jurídicas gratuitas, que beneficiem a população de baixa-renda.


Com um canal no YouTube com mais de 180 entrevistas, Nancy também participou de peças de teatro e filmes, como na cena do nascimento de Zumbi, no filme Quilombo dos Palmares.


Ìpinnu títàro pé dá ayọ̀!

(Decida por aquilo que te faz feliz!)


Axé!



11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
WhatsApp-icon.png