Buscar
  • Paulo de Oxalá

Amanhã será escolhida a sucessora de Mãe Stella


Com o final do Aṣéṣé (ritual fúnebre yorubá) de um ano de falecimento de Mãe Stella de Ọ̀ṣọ́ọ̀sí, acontecerá amanhã a escolha da sucessora do Ilé Àṣẹ Òpó Àfọ̀njá (um dos mais importantes Terreiros de Candomblé do país), onde Mãe Stella foi a quinta Ìyálórìṣà na direção daquele Terreiro.


Além de membro da ALB (Academia de Letras da Bahia), Mãe Stella foi a primeira sacerdotisa dos cultos de matriz africana a escrever livros e artigos sobre o Candomblé.


Senhora de uma inteligência bem peculiar, Mãe Stella participava de conferências e dava palestras. Montou no próprio Òpó Àfọ̀njá, o primeiro museu aberto em uma casa de Candomblé, onde podem ser vistas as roupas e os objetos usados pelas filhas de santo da casa e pelos Orixás.


Em 2014, foi a homenageada da Flica, festa literária que é realizada todos os anos na cidade de Cachoeira, no Recôncavo Baiano. Na mesma época, criou a biblioteca itinerante ‘Ânimateca’, adaptando um ônibus para levar a qualquer lugar livros que abordam curiosidades sobre todas as religiões.


Mãe Stella pregava um respeito mútuo e uma convivência pacífica entre todas as crenças para que as pessoas se aproximassem pela fé. Sua visão de vanguarda conviveu bem com a modernidade e com as tradições, pois ela foi dos livros até o mundo globalizado da internet. Mãe Stella fez escola ao provar que podemos conservar nossas liturgias usando também a tecnologia, como uma forma de registrar os conhecimentos deixados pelos ancestrais.


A grande capacidade de criação, força e humildade de Mãe Stella deverá encorajar a próxima sacerdotisa do Òpó Àfọ̀njá.


Segundo Adriano Azevedo, sobrinho biológico de Mãe Stella, saber conduzir um Terreiro tão importante como este, conciliando tradição com contemporaneidade será um marco para a próxima Ìyálórìṣà.


Adriano agradece aos ancestrais por presenciar esse importante momento: “É uma honra, como 3º Abiodun da casa de Ṣàngó, pertencente à família Konigbagbe (nome de nosso ancestral), passar por esse processo de transição e aprendizado, e poder servir a Ṣàngó e a próxima Ìyálórìṣà”.


O fato é que amanhã, sábado, 28 de dezembro, entra para a história do Candomblé, como o dia da sucessão de uma das mais marcantes Ìyálórìṣà de todos os tempos: Mãe Stella de Ọ̀ṣọ́ọ̀sí.


Kíkí Ìyá Stella lààyè awọn ésà àti Òrìṣà ẹgbẹ́! (Salve Mãe Stella e viva os ancestrais do culto de Orixá!)


Axé!


4 visualizações

Todos os Direitos Reservados a Paulo de Oxalá

R. das Laranjeiras, Rio de Janeiro - RJ

+55 (21) 2556-9009

+55 (21) 99400-7107

paulodeoxala@uol.com.br

Tags: Babalorixá, Simpatia, Búzios, Tarot e numerologia

  • Instagram ícone social
  • YouTube Social  Icon
  • Facebook Basic Square
WhatsApp-icon.png