Buscar
  • Paulo de Oxalá

Ọ̀ṣọ́ọ̀sí-Oxossi


Ọ̀ṣọ́ọ̀sí é o Òrìṣà protetor dos Ọdẹ (caçadores). Ele é originário de uma região próxima à cidade de Ìjẹ́bu Òde, onde o Ọba (rei) é um Ọdẹsi (sacerdote do caçador), intitulado Awùjalẹ̀.


Seu culto foi levado para Kétu, onde foi aclamado como Alákétu (Rei da cidade de Kétu).


Os símbolos principais de Ọ̀ṣọ́ọ̀sí são: o ọ̀fà (arco e flecha), o Oge (um par de chifres usado para invocá-lo), o Àpò awọ (uma bolsa de couro), o Bílalà (chicote) e o Ìrùẹṣin (cetro feito de pelos de cavalo), que é um símbolo de realeza usado pelos reis yorubás.


Suas cores são o azul e o verde que simbolizam convicção e atraem felicidade.


Além do Aṣọṣọ (milho com coco), Ọ̀ṣọ́ọ̀sí gosta do Àgbàdo pèlú ẹran (milho com carne de gado ou ave).

Sua saudação é: Oke Aro Ọdẹ! (Alta dignidade ao caçador!)

Invocação: Ọdẹ tóbi gbà mi o! (Grande Caçador, ajude-me!)


Àṣẹ!


21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
WhatsApp-icon.png