Buscar
  • Paulo de Oxalá

Maju, a vitoriosa moça do tempo


Quando o apresentador do ‘Bom Dia Brasil’, Chico Pinheiro, chamou no ar a jornalista Maria Júlia Coutinho de “Maju” estava antecipando o sucesso que o codinome daria. A consagração desse codinome aconteceu também no ar, durante o Jornal Nacional, quando William Bonner perguntou para Maria Júlia: “Como você gosta de ser chamada? De Maria Júlia ou Maju?” Ela sorridente respondeu: “De Maju”. Bonner, então se dirigindo para sua colega de bancada, Renata Vasconcellos, disse: “Renata, a partir de hoje, Maria Julia será chamada de Maju”.


Maria Júlia Coutinho, ou simplesmente Maju Coutinho, nasceu em São Paulo em 10 de agosto de 1978.

O livro o Jogo de Búzios, do Ogan e escritor José Beniste, descreve o método de jogo de búzios que se baseia na soma do dia, mês e ano em que a pessoa nasce e indica o Odù (destino) da pessoa. Tomando por base este método descrito pelo autor, Maju tem como Odù Orí ou Odù principal de Orí (cabeça) o Odù Ọ̀sá. O Odù Orí (Odù de cabeça) é o que exerce maior influência na vida de uma pessoa. É ele que transmite o maior número de informações sobre sua individualidade. No caso da Maju, Ọ̀sá sugere uma personalidade obstinada e forte, com destaque na sociedade. Ọ̀sá lhe denota ainda, domínio e autoridade com muita vitalidade e força de vontade.


Maju sempre sonhou desde criança estar à frente das câmeras, por isso imitava os jornalistas do "Jornal Nacional" e de outros programas. Ọ̀sá nas crianças, desperta o gosto pelo o teatro, festas e lhes motiva o desembaraço. Maju começou sua carreira como estagiária na TV Cultura e em 2005 passou a apresentar o Jornal da Cultura, ao lado de Heródoto Barbeiro. Em 2007 estreou como repórter na Rede Globo e, em 2013, passou a apresentar a previsão do tempo no Bom Dia SP, Globo Rural e Bom Dia Brasil.


Com o talento nato de Ọ̀sá, Maju foi convidada para integrar a equipe que estreou em dezembro de 2014, o matutino “Hora Um”. Com seu jeito espontâneo e bem integrado na hora da previsão do tempo com a apresentadora Monalisa Perrone, Maju ficou apenas cinco meses na função, pois foi logo transferida para fazer ao vivo, a apresentação da Previsão do Tempo, no Jornal Nacional. A rapidez nos acontecimentos, também é uma das características do Odù Òsá.


Divertindo-se com a lembrança da sua época de repórter, que tinha que correr atrás da noticia, Maju agora está tentando se acostumar com o grande número de pessoas que a param na rua para saber da previsão do tempo e com os pedidos de entrevistas. “É muito estranho ser alvo de entrevistas”, disse ao site de famosos, EGO.


Graciosa e elegante, Maju encanta com seu jeito espontâneo, mostrando quão importante é não desistir de seus desejos, pois daquela menina que imitava jornalistas, nasceu a profissional vitoriosa que se destaca com muita originalidade e competência.


Este ano, Maju assumiu pela primeira vez a bancada do “Jornal Hoje” no sábado, 10 de junho. Na ocasião, substituindo os titulares Sandra Annenberg e Evaristo Costa, seu trabalho foi bastante elogiado, se tornando um dos assuntos mais comentados nas redes sociais.


Kíkí Orí tání Ọ̀sá! (Salve o Orí de Ọ̀sá!)


Axé!




#Maju #MariaJuliaCoutinho #RedeGlobo #JornalHoje #JornalNacional #WillianBonner

58 visualizações

Todos os Direitos Reservados a Paulo de Oxalá

R. das Laranjeiras, Rio de Janeiro - RJ

+55 (21) 2556-9009

+55 (21) 99400-7107

paulodeoxala@uol.com.br

Tags: Babalorixá, Simpatia, Búzios, Tarot e numerologia

  • Instagram ícone social
  • YouTube Social  Icon
  • Facebook Basic Square
WhatsApp-icon.png